sábado, 19 de agosto de 2017

Um Dromedário chamado Camelo, falo do Straw

É isso então, Straw, palha, foi um joguinho muito bacana que jogamos ontem a noite. Um filler simples, divertido, rápido que você não quer parar de jogar. Jogo de cartas criado por Richard James, comporta de 2 a 6 jogadores, quanto mais melhor, que dura não mais de 30 minutos, para jogadores a partir dos 8 anos, que na certa é uma ótima opção para jogo família.




 A brincadeira consiste em carregar a mercadorias sobre o dromedário  chamado "Camelo", que suporta uma carga igual no  máximo de 49 pontos. Ultrapassou os 49 pontos, termina a partida, todos marcam os pontos das cartas em sua mão, menos o cidadão que matou o dromedário, pelo excesso de carga.

O "Camelo" é uma carta deixada no centro da mesa, sobre a qual as cartas são depositadas, as demais cartas são misturadas e deixadas no centro da mesa, como a reserva de compras. 

Cada jogador recebe 4 cartas, e deve carregar (colocar) uma sobre o "Camelo", comprando uma nova carta da reserva imediatamente, estas podem ser:



-Mercadorias- cujo valor é a carga colocada sobre o dorso do pobre Camelo, valores diversos de 1 a 10 pontos;
-Lâmpada de Aladim- essa carta vale o peso determinado pelo jogador de 1 a 10 pontos, ótima para aquela sacaneada básica;
-Reverter- reverte o sentido dos jogadores jogarem as cartas, digo, estão jogando cada um na sua vez no sentido horário, com reverse, jogar a partir dela no sentido anti-horário, deveras divertido;
-Copiar- simplesmente copia o valor da última carga jogada, qualquer uma;
-Tapete Mágico- são cartas de valor negativo com diferentes valores, o que diminui o valor somado da carga sobre o "Camelo".
-Palha- a carta, uma só, que permite o jogador detentor encerar a partida imediatamente, pois sobre-carrega o coitado do dromedário, mas diferente da pontuação normal, somente o jogador que lançou a carta, marca os pontos.

É importante manter sempre atualizado o valor da carga depositada, subtraindo valores quando for o caso ou somando cada vez mais. A ideia é deixar alguém na saia justa de não poder evitar, matar pela sobre carga o coitado do "Camelo".

Bom senhores, a diversão foi um ponto forte no jogo, diria surpreendente, pois ao olhar para o jogo, não botei muita fé. Na certa uma ótima dica para aquele inicio ou final de jogatina.

Fica a dica!


Abraços!

sábado, 5 de agosto de 2017

Tuiuti - Peças e Tabuleiro PNP

Para quem curte jogos de guerra e também gosta de confeccionar seus próprios jogos, os chamados Imprima e Jogue ou Print and Play (PNP) como preferirem. Nos links você encontra os arquivos do
tabuleiro e das peças dos exércitos.
São as peças representando as unidades que combateram na Batalha de Tuiuti, e o respectivo tabuleiro do campo de batalha, episódio da Guerra do Paraguai.

Nota: todas unidades são do tamanho de batalhões, e seguem fidelidade histórica, salvo o exército paraguaio, onde poucas unidades foram devidamente identificadas como presentes na batalha. Os registros oficiais do exército paraguaio, foram perdidos para sempre, em decorrência de toda destruição causada até o final da guerra. Em virtude disso a nomenclatura é meramente ilustrativa.


Arquivos para baixar, estão versão Beta, o tabuleiro já com a arte melhorada, e os arquivos das peças vide imagens.

Tabuleiro em pdf.
Exércitos em pdf.








Regras

As regras ainda estou finalizando a diagramação, corrigindo alguns pontos, serão publicadas posteriormente. O jogo faz uso do sistema em desenvolvimento chamado STB, "Sistema Tático de Batalha" ( sistema que trabalho desde 1980), onde procuro recriar pontos relevantes para este tipo de batalha ( exércitos em linha) imprimindo enfase tática ao jogo, mesmo quando no nível Batalhão, observando muitos efeitos do terreno e comando das tropas.

Abraço!



Batalhas Históricas 2 - Kursk

Está foi uma das maiores batalhas já travadas, também ocorreu no que foi a antiga União Soviética, durante a Segunda Guerra mundial. A cidade fica ao sul de Moscou (530 km), nas imediações do que ficou conhecido como a Frente de Voronesh.
Devido a extensão da linha na frente russa, esta era dividida por setores, nomeadas com o nome das cidades por onde passava a frente de batalha. Para ter uma ideia da vastidão e diversidade de terrenos, basta observar um mapa. Naquele momento a linha de frente, estendia-se do Mar Báltico em Leningrado ( hoje São Petersburgo), até o Mar Negro na Criméia. A batalha ocorreu meses após a ofensiva de inverno dos Russos de 42 para 43, na qual ocorreu a batalha por Stalingrado.

Como resultado da ofensiva russa de inverno, a frente havia sido deslocada para oeste ( algo em torno de  140 km) em alguns setores ( mapa ao lado), ou seja os alemães recuaram, e formou-se um grande saliente na nova linha de frente. Bem no meio ficava a cidade de Kursk.

O objetivo alemão era destruir o saliente e as forças russas, romper a linha e explorar com velocidade as brechas abertas, no melhor estilo da blitzkrieg, retomando a iniciativa estratégica na região. Aos russos cabia suportar e rechaçar o ataque, destruindo o máximo de tropas inimigas em combate.
Para tal, os dois exércitos agruparam uma quantidade enorme de tropas, para ter uma ideia:
Infantaria alemã- 900 mil soldados contra 1,337 milhão de soldados russos;
Artilharia alemã - 10 mil peças contra 20 mil dos russos;
Carros de combate - 2,7 mil contra 3,3 mil dos russos;
Aeronaves - 2,5 mil alemães contra 2,65 mil dos russos. (Diferentes autores, diferentes valores).

O Espião!

Como em toda história sobre a guerra, fala-se em espiões. Em Kursk não foi diferente, e este foi decisivo. De codinome Lucy, o cidadão Rudolf Rössier era uma alemão comunista convicto (enrustido e infiltrado) que trabalhava na intendência do exército alemão. Para quem não sabe, a intendência é por onde passam os suprimentos, é onde se diz para onde devem ir os suprimentos, onde  são concentrados.  E é nesses lugares, onde será realizado o principal esforço de uma ofensiva. E isso os russos souberam de antemão, e eles não perderam tempo, prepararam as defesas ao norte ao sul de Kursk, por onde era planejada a ofensiva alemã, defesas construídas e concentradas em profundidade, a melhor maneira de deter ou retardar um avanço de exércitos blindados.

A batalha.

Então no dia 5 de Junho de 1943 começou a batalha, o vigoroso ataque alemão tomou terreno, ao norte a ao sul da cidade alvo como planejado, mas lentamente ( como não planejado), mostra que as defesas funcionaram e com baixas maiores do que as desejadas. Passados seis dias de encarniçada luta, ambos exércitos deslocam reservas para o mesmo setor, e assim se desenhou o maior confronto de carros de combate da história. Em Prokhorovka ao sul de Kursk. Algo como 700 carros de combate alemães contra 850 carros russos, tudo em área muito limitada, na qual literalmente faltou espaço para manobrar. A batalha marcou a estréia de alguns dos carros de combates mais famosos da 2°GM como o Pantera e o Tigre.

Terminada a batalha em Prokhorovka, a ofensiva alemã fora detida. Os soviéticos lançam sua ofensiva de verão e fazem os alemães recuar bem mais para o oeste, agora numa frente muito ampla. O gigantismo desses eventos, foi decisivo para o resultado da guerra. A Alemanha nazista, perdera definitivamente a iniciativa estratégica na Frente Russa e na guerra, passou a lutar apenas defensivamente, sempre no entanto efetuando contra ataques pontuais com significativos resultados, quando digo isso, falo da destruição de muitas forças russas, ainda assim basta observar que falamos de 1943 e a guerra se arrastaria por quase mais dois anos, até maio de 1945.



Mas nosso assunto são os jogos de guerra, a lista é pequena apenas quatro jogos listados, mas  também é pertinente falar em jogos com títulos sobre a batalha em Prokhorovka, que se tornou um dos ícones de toda a campanha.

Segue ai a lista:

1- Clash Along a Spel : The Battle of Kursk 1943 ( 2004); um ATS.
2- Kusrk : History`s the Greatest Tank Battles , July 1943 ( 1980);
3- Clash of Titans, The Tank Battles for Kursk (1998)
4- Battlegroup Kursk (2012)

Sobre Prokhorovka, outros três jogos.

1- Lock `and Load :Dark July, The Battle of Prokhorovka (2008), um tático
2- The Citadel of Prokhorovka  ( Kursk 1943 ) (2007);
3 - Blod and Steel: Battle of Prokhorovka (1999);

Bom pessoal é isso ai, para saber mais sobre a lista de jogos de guerra, acesse o link.

1-Batalhas Históricas -Stalingrado.

Fonte BGG.